[title_nd tag=”h1″ style=”title” align=”left” title=”DÚVIDAS” color=”#868585″]
[title_nd tag=”h3″ style=”subtitle” align=”left” title=”PERGUNTAS FREQUENTES” color=”#868585″]
[divider_nd size=”big” align=”left” color=”#74cee4″]

Quem frequenta o CEDEP?

O atendimento é realizado a 320 crianças e adolescentes na faixa de 6 a 14 anos das comunidades que formam o Bairro Monte Cristo (Chico Mendes, Santa Terezinha 1 e 2, Nossa Senhora da Glória, Novo Horizonte, Sapé, Nossa Esperança dentre outras), no horário das 8h às 17h, de 2ª a 6ª feira e, por extensão suas famílias, abrangendo indiretamente cerca de 1.200 pessoas. É desenvolvido trabalho sócio educativo na forma de oficinas oportunizando a todos a vivência das múltiplas linguagens no que tange a arte, o esporte a literatura e a tecnologia. No ano em que completa 15 anos o jovem é encaminhado para o Programa Aprendiz, onde além de trabalhar meio período, recebe formação profissional.

Qual é a missão do CEDEP?

Propiciar  mediante práticas educativas diversificadas condições para crianças e adolescentes das classes populares atinjam um desenvolvimento mais pleno, contemplando tanto as necessidades e direitos inerentes à sua faixa etária quanto a sua capacitação para reconhecer e exercer seus direitos de cidadania.

Qual a proposta educativa?

Proposta Pedagógica do CEDEP
Promover a educação integral das crianças e adolescentes, com o desenvolvimento de projetos de trabalho relacionados as questões ambientais, relações humanas e interculturais, esportes, cultura, arte e lazer, favorecendo o aprendizado, estimulando o desempenho escolar e a auto estima.

O que é educação integral?

A formação plena da pessoa.
Segundo Isa Maria F. Rosa GUARÁ, na perspectiva de compreensão do homem como ser multidimensional, a educação deve responder a uma multiplicidade de exigências do próprio indivíduo e do contexto em que vive. Assim, a educação integral deve ter objetivos que construam relações na direção do aperfeiçoamento humano. […] A educação, como constituinte do processo de humanização, que se expressa por meio de mediações, assume papel central na organização da convivência do humano em suas relações e interações, matéria-prima da constituição da vida pessoal e social (GUARÁ, 2006, Caderno CENPEC, nº. 2).

Como posso ajudar o CEDEP?

O CEDEP é mantido financeiramente por doações que podem ser feitas via conta de energia elétrica (CELESC), depósito bancário, e participação na BENEFEST, uma feijoada com renda destinada à manutenção da instituição. Também com doação de materiais, e serviços, trabalho voluntário em diversas áreas. Entre em contato para saber mais.

O CEDEP é uma instituição assistencialista?

Assistencialismo não é bem a palavra para definir o trabalho desenvolvido no CEDEP. Buscamos interagir e integrar o educando na sociedade, buscando autonomia e condições para que ele trace seu caminho de sucesso, com base na educação e responsabilidade.

Como faço para chegar ao CEDEP?

O CEDEP fica na Rua Frei Fabiano de Cristo, nos fundos do 22ª Companhia da Policia Militar. Consulte o mapa (Link como chegar, contatos).

O bairro é perigoso?

Já houve um tempo em que a violência dominava a região, com disputas de território pelo tráfico de drogas. Porém isto diminuiu nos últimos anos com os trabalhos realizados com as crianças e a juventude da área.

Quantas crianças frequentam o CEDEP?

São 320 e vinte crianças e jovens divididos em dois períodos, manhã e tarde, no contra turno do colégio.

Quem são os professores?

São educadores que tem, além da formação em suas áreas de atuação, comprometimento com a educação popular. Alguns são cedidos pela prefeitura de Florianópolis, alguns contratados pela instituição. Também consideramos educadores todas as pessoas envolvidas no projeto, da limpeza à administração.

As crianças se alimentam no projeto?

Sim. Os que frequentam o período matutino são recebidas com café da manhã. São servidas frutas no intervalo, e após as oficinas, almoço. Os frequentadores da tarde iniciam com almoço as 12:00h. Recebem as frutas no meio da tarde e tomam café ao sair.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário